No Dia do Professor, Omar Aziz anuncia que encaminhará à Assembleia Legislativa o projeto de reformulação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos servidores da Seduc

No Dia do Professor, Omar Aziz anuncia que encaminhará à Assembleia Legislativa o projeto de reformulação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos servidores da Seduc

O governador Omar Aziz anunciou, nesta terça-feira (15) que vai encaminhar à Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), projeto de mudança no Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) que possibilita a promoção de 24 mil servidores da educação, sendo 17 mil professores.

O anúncio foi feito em entrevista antes da solenidade de posse de 60 novos defensores públicos pelo Governo do Amazonas, no auditório do Ministério Público do Estado (MPE).”Eu acho que é a melhor notícia que a gente pode dar neste dia para os professores que estão aí e nunca foram promovidos. Todos serão promovidos”, disse Omar Aziz ao detalhar que a medida vai gerar um acréscimo de R$ 60 milhões na folha de pagamento do Estado.

Ele enfatizou que esse custo tem como retorno a valorização dos professores e, consequentemente, a melhor qualidade do ensino. De acordo com o governador,  a promoção dos servidores da educação será vertical,  horizontal e diagonal. Na promoção horizontal, o governador determinou o fim da exigência de prova para obtenção da promoção. Em relação à promoção vertical, a evolução na carreira deverá ser significativa com a oportunidade de especialização que o Governo do Estado abre para os professores da rede estadual de ensino.

Serão mais 4 mil professores que poderão crescer na carreira, segundo Omar Aziz. “Nós vamos incorporar a gratificação de regência de classe no salário dos professores. São sete gratificações, o que vai mudar completamente a história dos professores do nosso Estado”, disse o governador, ao destacar que as mudanças no PCCR já estão sendo trabalhadas há vários dias e, assim que fechados os últimos detalhes técnicos, serão encaminhadas a ALE-AM.

“É algo importante para valorizar e reconhecer o trabalho que o professor faz diariamente junto aos alunos e novas gerações que vão servir ao Estado do Amazonas. Eu não vejo justiça social se não houver valorização do professor”, destacou.

O encaminhamento do PCCR para apreciação dos deputados estaduais se dará após um intenso processo de revisão e discussões firmado entre a Seduc e representantes sindicais da categoria.

Segundo o secretário da Seduc, Rossieli Soares, todas as medidas foram discutidas e formuladas juntamente com o Sindicato (Sinteam) e visam, atentando para a Lei de Responsabilidade Fiscal, privilegiar os educadores da rede estadual com melhorias reais em sua carreira.

Para o presidente do Sinteam, Marcos Libório, destacou a iniciativa do Estado em formular o novo PCCR e ressaltou que as sugestões vão ao encontro dos anseios da categoria. “Este é um anseio que já vínhamos discutindo a mais de dois anos. Dentre os pontos revisados e que serão inseridos no novo Plano mediante aprovação da ALE destacamos a futura desvinculação da progressão horizontal a um processo de avaliação (o qual será realizado, mas com outro fim), a inserção de demais servidores da educação no Plano de Cargos e a disposição do adicional de salubridade aos professores que atuam como educadores nos sistemas prisionais. São ganhos consideráveis para a categoria”, afirmou o presidente do Sinteam.

 

Fonte: https://www.educacao.am.gov.br/2013/10/no-dia-do-professor-omar-aziz-anuncia-que-encaminhara-a-assembleia-legislativa-o-projeto-de-reformulacao-do-plano-de-cargos-carreiras-e-remuneracao-dos-servidores-da-seduc/